Cirurgia Micrográfica de Mohs

fredmicroscopio%20(1).jpg
IMG_0729.JPG

Cirurgia Micrográfica de Mohs

   A cirurgia micrográfica, me especial a técnica Micrográfica de Mohs tem se popularizado em todo o mundo e cada vez mais se firmando como a melhor técnica para o tratamento de diferentes tipos de câncer de pele, em especial Carcinoma Basocelular, que é o câncer de pele mais comum do mundo.

   Trata-se de uma técnica cirúrgica que avalia as margens da lesão tumoral no mesmo momento da cirurgia, permitindo ao cirurgião a análise de todas as margens cirúrgicas e a ampliação das mesmas quando necessário no mesmo momento da cirurgia. Isso aumenta a taxa de cura, diminui o risco de recidivas e permite ao cirurgião poupar tecido saudável e consequentemente produzir uma ferida operatória mais discreta na maioria das vezes.

   A cirurgia micrografica de Mohs é considerada padrão ouro para várias situações. Dentre elas:

  • Carcinoma Basocelular (CBC) ou Carcinoma Espinocelular (CEC) em região peri-orbitária, nariz, sulco naso-labial, regiãoperiauricular e região temporal.

  • CBC ou CEC mal delimitados clinicamente

  • CBC de subtipo histológico agressivo: Esclerodermiforme, Multicêntrico, ou Metatípico.

  • CEC mal diferenciado 

  • CBC ou CEC em genitais ou extremidades (dedos)

  • CBC ou CEC recidivados

  • CBC ou CEC em pacientes jovens (< 40 anos) e em pacientes imunodeprimidos.

  • CBC ou CEC com invasão neural na biopsia

  • Dermatofibrosarcoma Protuberans

  • Entre outros tumores mais raros.

Associação com o Centro de Cirurgia Micrográfica do Rio de Janeiro

Cirurgia de Mohs Rio de Janeiro